Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
87 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57535 )
Cartas ( 21185)
Contos (12631)
Cordel (10185)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9093)
Erótico (13416)
Frases (44315)
Humor (18629)
Infantil (3912)
Infanto Juvenil (2858)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138263)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4990)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->As botinas e suas cores camufladas nú comem sem entender o p -- 28/04/2017 - 07:01 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O comunismo vem da palavra comum, ou seja, o que couber em Maria, caberá em João.
Cada um com o seu ponto de vista comum, restando apenas uma única diferença: o colorido e a cor gente micro no macro da Natureza que tendo vida, chega a Deus do dará de cada qual.
Cada cérebro com seus 44 bilhões de neurônios que fabrica o seu Deus.
Não acredito que discordar a ponto de radicalizar, seja o propósito da dialética salutar, mas sobretudo refutar e questionar se a liberdade de expressão realmente faz parte de um sistema que proíbe ou monitora quem decide pensar por conta própria.
Será que temos uma liberdade de expressão com a possibilidade de desenvolvimento com permuta de experiências num ambiente cercado por paredes e grades? Será que em tal sistema, o menos favorecido terá vez?
Não preciso de respostas pois sou um incondicional adepto aos questionamentos que me levam a reflexão e a liberdade de pensar diferente.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui