Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
97 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57505 )
Cartas ( 21184)
Contos (12608)
Cordel (10177)
Crônicas (22283)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13416)
Frases (44277)
Humor (18618)
Infantil (3903)
Infanto Juvenil (2849)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138234)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4981)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->A vergonha -- 03/04/2017 - 04:49 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Quem não ouve, erra sozinho. O governo Temer acabou e triste com atual situação política Brasileira. Alagoas tem grandes nomes na política nacional, tivemos até presidente da República, mas infelizmente o nosso Estado encontra-se economicamente acuado. Minha geração deixa a desejar quanto ao tema política que se apresenta besta, fria e cruel. Marchamos com os companheiros na luta na dita democracia, mas o poder tem travado a linguagem líquida de interação, papo dez a cada cena nas esquinas do acaso. A palavra segue então, o percurso das nuvens no tempo gente. Mais Alagoas, mais Alagoanos. O que falta em Alagoas! Será Alagoanos, que contagem regressiva vem estreitando o caminho as URNAS da nossa querida Alagoas? Viva a democracia da dialética na grandeza da dialógica. Fiquei lento e burro e observo a relatividade do Divino maluco cientista Albert Einstein.
Estou lento, burro e rouco de ouvir.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui