Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
85 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57493 )
Cartas ( 21184)
Contos (12620)
Cordel (10174)
Crônicas (22282)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13415)
Frases (44271)
Humor (18617)
Infantil (3899)
Infanto Juvenil (2844)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138240)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4979)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->O Pilar Católico Apila a Dor. -- 26/03/2017 - 06:37 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
É triste além de assustador, a constatação da falência da humanidade em todos os sentidos. As instituições nem se fale, principalmente quando o assunto é ética e respeito ao propósito a que se destina. A história da humanidade nunca foi tão degradante.
Sempre houve a necessidade de se preservar o pensamento na idoneidade das instituições desde sempre. As Igrejas sem mencionar a crença para qual foram criadas, sempre foram o ponto de apoio moral do humano lapidado por dores. Mas gerou-se com a presença delas, a possibilidade de divinificação do humano frágil dentro de tais instituições com a promessa de absolvição dos pecados por meio de rituais próprios de cada igreja. Com isso, o homem foi cada vez mais se distanciando do Divino nele presente a ponto de delegar poderes aos dogmas que regem cada uma delas. Criou-se então ao redor, um espaço de caridades alienadas e carentes, entre os que doam e os que recebem. Mas a essência, ainda é a brutalidade arcaica dos mais hediondos crimes que ainda massacram o perfil humano. Reinam a hipocrisia benfazeja, o falso puritanismo amplamente propagado, a idolatria desencessária e ausência de princípios humanitários e éticos que deveriam nortear aquelas instituições. Não trata-se de um discurso de mão à palmatória, mas sim com o intuito de que continuemos a refletir o propósito da humanidade na história universal.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui