Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
120 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57529 )
Cartas ( 21184)
Contos (12629)
Cordel (10183)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9091)
Erótico (13416)
Frases (44312)
Humor (18626)
Infantil (3910)
Infanto Juvenil (2857)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138254)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4989)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->A cabana -- 20/03/2017 - 22:38 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A cabana

À noite, fugiram em direção ao deserto para encontrar um abrigo contra a tempestade de poeira. Os beduínos do local planejavam na manhã seguinte uma viagem rumo a um novo vilarejo no qual pudessem comercializar seus utensílios e artesanatos. Eles nunca pagavam impostos e por isso mesmo estavam sempre a migrar a procura de clientela aos produtos. Resolveram acampar e levantaram uma cabana de lençol que facilitaria a acomodação da tribo. Cacilda e Rolivania haviam trabalhado o dia inteiro tecendo a lã para vender no dia seguinte. Entretanto, quando deu 21:00 hs, Rolivania teve um problema ocular e não teve condições de tecer. Então, decidiram armar um lençol na areia sob a luz da lua desértica e Cacilda ficou a vigiar a noite com receio de algum perigo noturno e começou a contar os carneiros que haviam comprado pela manhã em outro distrito.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui