Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
223 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57965 )
Cartas ( 21205)
Contos (12826)
Cordel (10235)
Crônicas (22053)
Discursos (3146)
Ensaios - (9196)
Erótico (13452)
Frases (45052)
Humor (18892)
Infantil (4100)
Infanto Juvenil (3143)
Letras de Música (5499)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138529)
Redação (2986)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2416)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5199)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Bobo sem máscara -- 24/02/2017 - 07:52 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Bobo sem máscara

Desnudado sem a fantasia ideal, brinca o bobo acreditando ser a festa pra ele. À margem dos blocos, desfila o olhar perdido pelas esquinas repletas de gente que marcham na dor coletiva de um feliz carnaval.
Na rotina, revela a perplexidade em perceber que somente o carnaval consegue dar a gente humilde, uma esperança para que possa esquecer a marginalização e o estigma de uma vida nada fácil de confetes e serpentinas que enfeitam dores humilhantes colocando-a à prova sua firme crença no incerto de um amanhã tão sonhado que só ganha vida no carnaval.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui