Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
129 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57043 )
Cartas ( 21170)
Contos (12600)
Cordel (10078)
Crônicas (22200)
Discursos (3134)
Ensaios - (9000)
Erótico (13395)
Frases (43638)
Humor (18454)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2687)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138232)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4851)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->ELES FORAM PARA A TERRA DE MARLBORO. VOCÊ TEM DIREITO... -- 05/11/2003 - 10:54 (ANTICRISTO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
... DE IR TAMBÉM, MAS NÃO DE NOS LEVAR COM VOCÊ.



“Wayne MacLaren, David McLean e Bryan Curtis foram muito cedo para a Terra de Marlboro. Se você quer, tem o direito de ir também; mas de tentar nos levar junto, isso não!



“Vocês podem pensar ‘como este cara é exagerado!’ Posso garantir que não. Cito aqui dois exemplos para que vocês entendam porque insisto em que a fumaça do cigarro pode ser assassina: Wayne MacLaren e David McLean morreram de Câncer de Pulmão, em 1992 e 1995. Vocês sabem qual a profissão deles? Modelos. Os dois foram, em momentos diferentes, os atores dos anúncios dos cigarros Malboro. "Os homens se encontram na Terra de Malboro". A viúva de David, Lilo McLean, entrou com processo na justiça contra a companhia de cigarros que encomendava as propagandas. No processo, alega que para que uma tomada do filme ficasse boa, eram necessários dias de filmagem, obrigando seu marido a fumar 3 a 4 maços de cigarro por trabalho, para que o diretor do comercial achasse a melhor posição da fumaça. Cruelmente, David e Wayne se encontram (precocemente) em baixo da terra, e não na de Malboro. Mudando o sentido de uma frase do compositor Caetano Veloso (de quem sou tiete): "gente é pra brilhar, não pra morrer de fumaça!".(Dr. Jorge Alexandre Milagres, www.cigarro.med.br).



"Bryan Curtis começou a fumar aos 13 anos, jamais imaginando que, 20 anos mais tarde, isto iria matá-lo e deixar uma esposa e uma criança sozinhas. Em suas últimas semanas, ele expôs-se como uma mensagem para os jovens", diz a matéria da jornalista Sue Landry, do St. Petersburg Times, entitulada "ELE QUERIA QUE VOCÊ SOUBESSE".



A matéria apresenta uma foto de “Bryan Lee Curtis, 33 anos, aparentemente saudável, em 29 de março de 1999.”



A seguir, uma de “Bryan Lee Curtis, 2 meses depois, em 03/06/99, no dia de sua morte, causada pelo Câncer no pulmão. (a publicação destas fotos foi o seu último pedido).” (idem). O corpo dele parecia ter perdido quase toda a carne, ficando a pele e os ossos.



Bryan foi apenas mais uma entre as milhares de vítimas dos hábitos quase impostos pela mídia divulgadora da indústria assassina do tabaco. Certamente sofrera um pouco antes de conseguir adaptar-se ao imundo vício. Quando estava sentindo prazer em praticá-lo e já lhe seria dificílimo suportar a falta da droga, ocorreu o resultado fatal. Se não se houvesse esforçado para adquirir o hábito antinatural dos seus ídolos, talvez estivesse vivendo ainda hoje.



Se você é fumante, não se preocupa de ir muito cedo para a “terra de marlboro”, porque acha que o seu prazer tabágico compensa todas as perdas,



só peço uma coisa:



RESPEITE OS AMBIENTES PÚBLICO, para não danificar a saúde dos outros. Não é sem razão que o cigarro é proibido em ambientes coletivos.

Fumar em ambiente coletivo é injusto e antidemocrático, porque menos de vinte por cento das pessoas estariam perturbando a vida de oitenta por cento.



Você não iria ficar contente se algumas pessoas ficassem mijando no chão dentro dos recintos que você frenqüenta. O seu vício para nós não é muito diferente disso.



Entenda! Fume na sua casa, em lugares demarcados para fumantes, mas não se complique com a lei e a sociedade! Será melhor para você também.



Pode correr livremente para a “terra de marlboro” e ir encontrar com Bryan Curtis, Wayne MacLaren e David McLean, mas não tente nos levar junto! É muito torturante!



Ver MAIS

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui