Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
162 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58131 )
Cartas ( 21211)
Contos (12856)
Cordel (10239)
Crônicas (22079)
Discursos (3147)
Ensaios - (9225)
Erótico (13451)
Frases (45272)
Humor (18933)
Infantil (4151)
Infanto Juvenil (3229)
Letras de Música (5505)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138693)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1057)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5247)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->O longe que existe -- 14/01/2017 - 22:49 (Maria Augusta Camargo Schimidt) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Sempre que vejo a chegada ou a partida do dia me emociono. É um espetáculo ímpar, verdadeiro milagre de renovação.
Mas exatamente a partida de hoje me deixou triste. Talvez pela saudade que sinto do longe que existe.
Tenho aqui por paisagem a mais bela árvore que com seus encantos me encanta. E eu acabei de ver por entre seus galhos, o romper da luz da lua que parecia esmolar seu brilho a me dizer: “Há alguém que divide este segredo com você”.
Doce segredo...Doce encanto...
Nesta hora foge-me a poesia, mas vale o momento e às vezes, até tento buscar no fundo da alma um alento... Um semelhante, o lindo, a ternura.
Confesso que há dentro de mim a esperança de que um dia o longe se fará perto. E é isto que me dá forças . É esta esperança que me fez descobrir no rascunho do meu destino o sonho, o caminho que procuro. É uma doce procura... Deixem-me continuar...

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui