Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
104 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57535 )
Cartas ( 21185)
Contos (12631)
Cordel (10185)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9093)
Erótico (13416)
Frases (44315)
Humor (18629)
Infantil (3912)
Infanto Juvenil (2858)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138263)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4990)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Cá Dela! -- 12/11/2016 - 17:12 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Cá Dela!!! Focinho de metal e patas de argila sem o au que eleva a alegria menino...


Certa vez, um cão vivia muito triste pois não havia quem por se interessasse, mesmo com focinho de ouro. Cachorro com focinho de ouro? É... Ele andava pelas ruas em busca de outro focinho similar com acesso fácil nas relações cachorrais. Até que um dia, encontrou uma cá dela de pata de argila louca por um focinho de ouro. Esse cachorro com focinho de ouro era banguelo e não conseguia latir direito. Apesar de sua riqueza focinhal, não conquistara a simpatia de nenhuma cadela. Havia entretanto, uma cá dela com pata de argila manca, que muito o admirava e ela começou a segui-lo e após tanta insistência a cá dela pata de argila passou a depositar dentes de barro nos espaços vazios bucal do pobre cachorro focinho de metal, e assim ficaram com um certo grau de igualdade, pois barro com barro se entende melhor.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui