Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
176 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58137 )
Cartas ( 21211)
Contos (12855)
Cordel (10239)
Crônicas (22081)
Discursos (3147)
Ensaios - (9225)
Erótico (13452)
Frases (45289)
Humor (18935)
Infantil (4155)
Infanto Juvenil (3232)
Letras de Música (5505)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138698)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1058)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5249)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Sono (*) -- 18/01/2009 - 22:28 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Sono (*)


Querido poeta, "merci beaucoup".


Você é nobilíssimo.


Fico encantada com tantas poesias que oferece a uma quantidade grande de leitores.


Sonífero (**) tudo de bom. Fico perplexa. Sem dúvida, não é o meu caso.


Trabalho quase 10 horas (cansativas) por dia. E nas poucas folgas percorro o site para ver alguns escritos.


Sem descuidar da ginástica e da caminhada habital, além de administrar os negócios, vou levando a vida da melhor maneira possível.


Não posso nem devo acordar tarde. Quem me dera! Até que gostaria! Se o fizer, perco a manhã inteira.

Apesar de dormir depois da meia-noite, acordo relativamente cedo.


De casa nova. Estou estou organizando-a. Toda a família ajuda um pouco. Está ficando um brinco.


Continue acreditando na poesia e faça, com frequência, corações muito felizes.


Com a estima da amiga de sempre.


Tenha bom fim de semana! "Hugs and flowers". Obrigada.


_______
(*) Brasília, DF, 18/01/2009.
(**) Sonífero (*)


Acorde, querida!
É tarde, e em meu peito arde
A chama da vida!


_______
(*) A você, que certamente ainda ressona.





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 588 vezesFale com o autor