Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
116 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57529 )
Cartas ( 21184)
Contos (12629)
Cordel (10183)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9091)
Erótico (13416)
Frases (44312)
Humor (18626)
Infantil (3910)
Infanto Juvenil (2857)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138254)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4989)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Minha Pilar -- 12/11/2016 - 16:45 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Na saída do entrar e no indo por vindo, consigo parar e sentir o relento que leva sentimentos e palavras que vão semeando o caminho tortuoso em direção à minha Pilar apilada. Minha menina Pilar que apila os sonhos de gente a carregar os projetos de vida e executá-los à margem marginalizada por uma sociedade carregada de tantas hipocrisias que a todo custo varrem o que julga-lhes lixo não reciclável. A missão é esconder o que recusa-se a esconder, porque o que realmente está escondido é o podre da hipocrisia. Marginal, marginalizamos em todas as margens para ao rio não contaminar. O rio seguindo o leito, pertencente à deusa Terra, inunda todas as máscaras hipocráticas desnudando-as e expondo o que a hipocrisia não se dá conta de que nua na sua intenção, fora desmascarada.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui