Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
194 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57952 )
Cartas ( 21205)
Contos (12800)
Cordel (10234)
Crônicas (22052)
Discursos (3145)
Ensaios - (9191)
Erótico (13451)
Frases (45042)
Humor (18882)
Infantil (4091)
Infanto Juvenil (3129)
Letras de Música (5498)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138520)
Redação (2984)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2416)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5193)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Cabaré e cama forrada -- 12/11/2016 - 16:41 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Cabaré, cama forrada, talco de quenga, bacia d´água ao pé da cama, serviço terminado, rola lavada, e amor só de mãe..
A Madalena levanta-se e olha os lados , já parte pra outra situação, seja preta ou branca, feio ou bonito, que chova ou faça sol, ela balança a saia e roda aos brilhos na luz do salão... A Santa Puta de um pecado que leva muitas vezes ao oriente eterno na disputa da guerra macho, ao calor da terra de Santa Cruz...E quando ama é mais valente que cobra choca, derrete-se de prazer ao lado do homem e dá as ordens na situação, a puta apaixonada é mais homem que homens...É uma capitã no comando do seu sonho,e lá mata, morre NU amor,naturalmente...

Perdão por não ser Santo e pecar tanto...

O cordeiro de DEUS que tire o pecado do "MUNDO".


Padre Bidião
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui