Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
225 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58118 )
Cartas ( 21211)
Contos (12856)
Cordel (10239)
Crônicas (22074)
Discursos (3147)
Ensaios - (9222)
Erótico (13451)
Frases (45260)
Humor (18932)
Infantil (4146)
Infanto Juvenil (3227)
Letras de Música (5505)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138693)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1057)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5245)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Encômio (*) -- 19/12/2008 - 10:27 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Encômio (*)


Benedito, obrigada pelos poemas, que, com simplicidade e realisticamente, mantêm charme, elegância e encanto.



Com sutileza, alimentam minha alma, infla-me o ego e faz sonhar.



São freqüentes as vezes (à noite ou de madrugada) que paro por instante o trabalho, permito-me descanso rápido e leio, com embevecimento, alguns escritos seus, que, hoje, no Usina de Letras, passam de seis mil.



Com certeza, retorno às atividades mais tranqüila e com entusiasmo de produzir e de viver!



Que a sua estrada, que bem retrata na capa do livro que tem esse título, seja de luz, de paz, de alegria e com muitas flores.



Com a estima de leitora amiga.



_______
(*) Brasília, DF, 19/12/2008. Recebido, nesta data, por e-mail, de Vera Frazão, Psicóloga dedicada também às letras.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 571 vezesFale com o autor