Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
17 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57517 )
Cartas ( 21184)
Contos (12611)
Cordel (10179)
Crônicas (22288)
Discursos (3141)
Ensaios - (9089)
Erótico (13416)
Frases (44292)
Humor (18621)
Infantil (3907)
Infanto Juvenil (2852)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138244)
Redação (2947)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4986)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->A pedagogia da palmatória -- 10/11/2016 - 15:16 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A palmatória pedagoga da palmada faz muita falta pelo carinho com que bate. Não a palmatória da vida, mas aquela senhora das entranhas e aconchego do ser, do nascido que nunca quis nascer para a vida. Bastava apenas nascer e se aconchegar. Era tão pouco o desejo de ser e estar no mesmo lugar, sem precisar ir longe. O longe seria o perto de tudo ao alcance que ensina com cuidado no eterno amor à cria que chora e não perece a dor do nascimento. Querendo parar no tempo que caminha com as ruas, com as pontes que cortam a cidade indo a lugar do sabe lá o que será daquilo que não foi e que parou a fitar o infinito relógio que marca com pisadas de tic tac na promessa de uma novidade velha. Será que o rio sob a ponte pode triunfar junto ao mar? Deságua essa dor do que foi e não partiu sempre em pororocas... Aqui e em tantos outros lugares findos e infinitos na ideia da nostalgia que guarda e esquece que passou.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui