Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
83 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57497 )
Cartas ( 21184)
Contos (12607)
Cordel (10175)
Crônicas (22280)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13415)
Frases (44274)
Humor (18616)
Infantil (3901)
Infanto Juvenil (2847)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138230)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4980)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Maceió, cidade menina -- 10/11/2016 - 14:51 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Maceió cidade menina

Menina encantadaque passeia pelas areias macias que marcadas ficam com o doce pisar que não pisa, flutua e navega pelas águas cristalinas. Menina alegre e entusiasmada com o sol que sobre ela deita e reina.

Menina do sol enamorada, e do mar banhada que a massageia por entre estuários e deita em colos, acalorados da beleza infinita que desfila em estréias da natureza a insistir em mantê-la incólume nas paixões que avassalam suas brisas.

Maceió, menina sereia de encantos mil, a deixar todos por ela apaixonados e perdidos de amor, pelo canto da sereia que conquista os pescadores bandeirantes, na captura de seu coração líquido e cheio de amores.

Maceió, desposada pelo Atlântico e por deuses, bela sereia a encantar seus súditos que enfeitiçados ficam quando a ela chegam, e não conseguem jamais deixá-la.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui