Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
46 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59136 )

Cartas ( 21236)

Contos (13103)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9439)

Erótico (13481)

Frases (46519)

Humor (19281)

Infantil (4461)

Infanto Juvenil (3729)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138237)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5525)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->MEU CASAL DE ORTOPTERO GRILIDEO -- 10/09/2016 - 20:20 (benedito morais de carvalho(benê)) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.
Além do pires de plástico contendo permanentemente mel de abelhas para as formiguinhas que crio onde quer que eu more, de preferência as bem miudinhas para ficar mais admirado com a velocidade com que andam, eu acho isso um espetáculo maravilhoso no palco da vida- família essa vivendo comigo contendo mais de mil, botem mil nisso...
Essa gente faz parte de minha famíia e nenhum dos meus leitores está capaz de avaliar o bem que eu quero a esse povo. Aumentando a minha família fixou-se entre o banheiro e um pequeno compartimento um casal de grilos. Facilmente se adaptaram comigo e com esses irmãos.
Vivem atrás dos chinelos que conservo para o banho. Quando uso os chinelos para entrar no chuveiro vejo que esses irmãos, já me conhecendo bastante, e sabendo do amor que lhes dedico, ficam imóveis na parede esperando a ocasião de lhes cobrir com os chinelos. As vezes, de propósito, quando estou me secando faço a toalha passar bem perto deles que se conservam imóveis sabendo que eu não lhes incomodo. São uns amores de grilos.
Esse casal de grilos tem um filhote que me parece ser desobediente, não pára em em casa, raramente o vejo, porque vive no mundo em busca de aventuras, dando cuidados aos pais.
Eu me sinto feliz e premiado com a estada  desse casal de grilos que veio engrandecer a minha família.
Não se perde, procurando viver em harmonia com a natureza, que é a Embaixatriz de Deus.
 
Autor Aldenor Jaime Alencar Benevides (Prof Benevides)
(*)- Pacatuba-CE  02.09.1909
(+) Juazeiro do Norte-Ce -31.01.2007
 
OBS- Era exatamente assim que vivia o meu amigo e Ir Benevides, em harmonia com a natureza.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 49Exibido 338 vezesFale com o autor