Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
91 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57028 )
Cartas ( 21168)
Contos (12587)
Cordel (10075)
Crônicas (22191)
Discursos (3134)
Ensaios - (8996)
Erótico (13394)
Frases (43621)
Humor (18450)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2681)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138222)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4849)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->MORRENDO DE MEDO... -- 08/03/2009 - 15:01 (GERMANO CORREIA DA SILVA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
MORRENDO DE MEDO...
(Por Germano Correia da Silva)


— Não olhe para trás...
— Por quê?
— Porque não!
— Você está chorando?
— Não...
— Você está morrende de medo?
— Não, quem morre de medo se enterra vivo...
— Será?
— O que você estava fazendo aqui?
— Não sei...
— Você já está morto?
— Não sei...
— Levante-se daí...
— Por quê?
— Precisamos ir embora...
— Pra onde?
— Você está assustado...
— É engano seu...
— Quem é essa pessoa que está aí?
— Onde?
— Atrás de você...
— Não sei, mas eu vou fugir...
— Pra onde?
— Não sei...
E ao sair em disparada, escuta vozes...
— Meu filho, fique... Você não veio nos fazer companhia?
— Não, só estou de passagem.
— E para onde você está indo?
— Não sei, mas eu preciso ir embora!
— Fique... Você está morrendo de medo, filho!
— Não!
— Então, você já morreu?!
— Sim, semana passada!
— Morreu de quê?
Silêncio total, até o desabafo final.
— Por favor, não insista, eu não posso lhe dizer... Apenas deixe-me atravessar a rua, antes que o semáforo fique no vermelho de novo...
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 15Exibido 791 vezesFale com o autor