Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
178 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58107 )
Cartas ( 21211)
Contos (12845)
Cordel (10239)
Crônicas (22073)
Discursos (3147)
Ensaios - (9222)
Erótico (13451)
Frases (45253)
Humor (18925)
Infantil (4144)
Infanto Juvenil (3225)
Letras de Música (5503)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138679)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5244)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Pomar 2 (*) -- 07/01/2008 - 11:29 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Pomar 2 (*)


Prezada colega:

Conforme prometi, encaminho os nomes das frutíferas que plantei na universidade e pequeno relato sobre a atividade (prazerosa) que tive.


Um dia, quando puder, faça-lhes visita. Há muitas árvores dando frutos, até os pessegueiros (um teve aquele destino de que, pessoalmente, lhe falei!) e as laranjeiras; igualmente os 5 pés de mamão (que já estavam dando frutos), ficou apenas 1. Além de um pé de cacau, vários de abacate e mais... (vandalismo mesmo!)


Procurei diversificar a qualidade. Assim, há: abacate, acerola, abiu, ameixa, amora, banana, cacau, cajá-manga, caju, cagaita, camu-camu, canela, cereja, figo, gabiroba, goiaba, graviola, laranja, lechia, limão, maçã, mangaba, mamão, pêssego, pinha, pinhão, pitanga, serigüela, tangerina, sapoti, uvaia e tamarindo. São mais de 30 espécies e a soma de 135 árvores.



Enquanto permaneci nesse local, todas as noites, após o expediente, eu as regava. Aos sábados, ia sempre levar adubo e cuidar mais demoradamente delas.


Hoje, estão meio abandonadas. Lamento. Gastei com elas mais de R$ 5.000,00 entre compra de mudas, de adubo, de mangueiras e de equipamento próprio.


Não estão lindas como outrora, mas visite-as: ficam em torno do Centro Empresarial II.


Cordialmente, Benedito
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 642 vezesFale com o autor