Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
221 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58107 )
Cartas ( 21211)
Contos (12845)
Cordel (10239)
Crônicas (22073)
Discursos (3147)
Ensaios - (9222)
Erótico (13451)
Frases (45253)
Humor (18925)
Infantil (4144)
Infanto Juvenil (3225)
Letras de Música (5503)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138679)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5244)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->PÃO-DURO -- 30/01/2009 - 00:29 (GERMANO CORREIA DA SILVA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
PÃO-DURO
(Por Germano Correia da Silva)


Jô formigão, além de ser um desses maridos extremamente mal humorados que têm o hábito de perturbar sua esposa com perguntas irritantes, tentando com isso tirá-la do sério, é um tremendo pão-duro.

Sua fama de homem sovina tem se espalhado por todos os lugares por onde ele tem passado e atualmente a repercussão de seu habitual pão-durismo é tão grande que após suas brigas conjugais de rotina ele não tem conseguido nem compartilhar alguns dos seus pernoites na casa do seu cachorro de estimação.

Dia desses, ele não se sentindo contente com sua falta de amor ao próximo, ofuscada que tem sido em face do seu excessivo apego às coisas materiais, ele decidiu fazer uma greve fome que durou pouco mais de oito dias.

Durante esse seu período de abstinência ele também tentou se passar por louco e procurou fazer de tudo um pouco, menos rasgar dinheiro.

Contam os mais curiosos que a esposa dele querendo ajudá-lo nesse momento de dificuldade vivido por ele, preparou um prato de comida e levou até o leito dele e, em chegando lá, ele simplesmente comeu o guardanapo e limpou a boca com o bife no intuito de economizar a "mistura" para a semana seguinte.

Passado o seu período da greve de fome parece que uma insanidade mental tendia a se apossar dele, haja vista que após seu retorno de uma visita a um amigo que se encontrava internado no hospital local, ele tirou toda a roupa do corpo, esticou peça por peça sobre a cama e tentou, reiteradas vezes, se pendurar no cabide do guarda-roupa.

Comentam que seu estado de saúde tem se agravado cada dia que passa e há rumores de que ele sumiu de casa.

As pessoas mais otimistas dizem que ele fez uma viagem para visitar os pais que não os vê há bastante tempo. Já as realistas afirmam que talvez ele fique por lá em definitivo para não ter que gastar com a passagem de volta.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 16Exibido 649 vezesFale com o autor