Usina de Letras
Usina de Letras
16 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61958 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22531)

Discursos (3235)

Ensaios - (10261)

Erótico (13560)

Frases (50368)

Humor (19994)

Infantil (5390)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140716)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Erotico-->Assumamos: É guerra! -- 08/05/2002 - 19:35 (ALEXANDRE FAGUNDES) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Confessemos o que todos já sabem:
Elas passam e nossos olhos passam por elas.
Preferencialmente pela retaguarda delas.;
Sempre com fome.
Assumamos. Não estamos. Somos assim.

Nas ruas que me cabe andar,
Há sempre a expectativa velada
De cruzar com uma deusa carnal.
Com uma que preencha calças.;
Que transborde das blusas.
E que sejam justas as calças.
Ou mais que justas.
E que sejam pequenas as blusas.
Ou menores ainda!

Desde meninos assim agimos.
Sim, desde os tempos das rimas bobas!
E assim será sempre, se Deus quiser.
E, por falar em querer – sem mais mexer com Deus,
Querem elas assim?

Querem ou não que as comamos vivas?
Comemo-las ainda vestidas!
E as esperamos nuas... mas nunca estão!

Mas, querem ou não querem?

As mini-saias são para quê?
As mini-blusas para que são?

É guerra, meus nobres colegas de masculinidade!
É guerra, meus pobres amigos de rica libido!
E que bela guerra!

Um dia uma mulher ainda confessará:
Em meio às conversas cochichadas de mãe e filha,
As meninas aprendem a nos pegar pelos olhos.
Fico imaginando:
- Põe essa calça mais para dentro, mais para cima, menina.
- Põe essa blusa mais aberta, que o recheio você já tem.
- Põe essa cara mais marota, que é ela quem convida.
- Põe mais música nessas ancas, que tamanho não lhes faltam!

Pronto! Devo estar na mira das feministas!
Pois que mirem e atirem.
E que atirem e não errem.
Continuo observando. Percebem!?

Então,assumamos: É guerra!

Ou porque será que os seios andam soltos
dentro das blusas coladas?

Ou será coincidência cada agachadinha?

Meus argumentos são tão sórdidos
quanto meus pensamentos.
Digo antes que me digam.
É óbvio.

Então, que venham os argumentos lógicos!

Enquanto isso, os sutiãs estão mais transparentes dentro das blusas que já não mais os escondem.;

As calcinhas já não marcam
porque não têm mais tamanho para isso.

Enquanto isso as moças passam
e nos apaixonamos por elas
na mais longa fração de segundo
que o tempo permite existir!
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui