Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
125 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57367 )
Cartas ( 21181)
Contos (12598)
Cordel (10136)
Crônicas (22252)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44122)
Humor (18580)
Infantil (3845)
Infanto Juvenil (2800)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138537)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4943)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Marcos Noronha (*) -- 24/01/2008 - 22:04 (Benedito Pereira da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Marcos Noronha (*)


Caro amigo (permita-me assim o considerar) Benedito,


Lucia e eu chegamos de alguns dias de férias neste fim de semana.


Levei seu livro Saudade e o li com muita atenção.
Primeiramente, parabenizo-o pela iniciativa de escrever o livro, expressando nele sentimentos tão profundos.


Impressionou-me sua sensibilidade e amorosidade, bem como alguns momentos de tristeza e angústia que ele traduz, mas escritos, como pude perceber, do fundo do coração.


Também destaco quantas lições bonitas e educativas foram repassadas às filhas, ressalto, a título de exemplo a que trata do racismo - Cor, escrita em Guarapari, em 18/12/1986, pg. 45 -, quando você dá uma bela aula contra o racismo, quando você ressalta que a cor da pele não tem importância, mas sim o que vai na alma, pois esta é a verdadeira criação do Pai e por conseguinte é incolor.


Enfim, parabéns e continue firme em sua missão de escritor.


Fraternalmente,

Marcos Noronha
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 654 vezesFale com o autor