Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
135 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59142 )

Cartas ( 21236)

Contos (13107)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9441)

Erótico (13481)

Frases (46535)

Humor (19286)

Infantil (4462)

Infanto Juvenil (3733)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138253)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5528)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->Conheço bem o silencio naquelas vozes que sonham... -- 27/10/2007 - 01:01 (Ulisses de Abreu) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. Conheço bem o silencio naquelas vozes que sonham...

Ainda hoje estarei de novo naquela casa
onde eu cresci e fui bem cuidado
e eu sei que todos naquela casa me encherão de saudades
e que de certo eu também os darei bons motivos
comeremos e beberemos ao som de vozes engasgadas
e de onde nunca antes tínhamos vindo
surgiremos montados em cavalinhos de madeira
e brincaremos felizes a tarde inteira
como crianças dentro de roupas sujas e rasgadas.

E então jogaremos buraco ate de madrugada
Beberemos um bom vinho e trapacearemos nas cartas
Xingaremos um pouco uns aos outros
e aqueles que não tiverem a quem pedir perdão
Irão dormir mais cedo.


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui