Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
119 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57060 )
Cartas ( 21170)
Contos (12606)
Cordel (10081)
Crônicas (22199)
Discursos (3134)
Ensaios - (9004)
Erótico (13395)
Frases (43652)
Humor (18457)
Infantil (3773)
Infanto Juvenil (2690)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138248)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4855)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->UM PONTO EM FAVOR DAS MULHERES -- 05/09/2003 - 13:06 (ANTICRISTO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Há até uma relação de fotos humorísticas explicando por que os homens morrem mais cedo do que as mulheres. No grupo, que procurarei ainda expor aqui, sempre há um acidente decorrente da distração de um homem olhando para um mulher maravilhosa que atravessa diante dos seus olhos.



Mas, levando o caso mais a sério, que não costumo fazer muito com muita seriedade, tenho feito algumas análises dos problemas. Já conheci muitos casos de mulheres fazendo paradas abruptas ou tomando outras faixas em momentos um pouco impróprios e disso decorrendo uma batida na traseira. E, se o leitor conhece as leis de trânsito, sabe que dificilmente quem bate na traseira de outro veículo consegue provar que a culpa é do condutor da frente. Talvez seja esse um dos fatores que revertem os fatos em favor das mulheres, com a ajuda da imprudência dos homens, que no mais das vezes não guardam muita distância de segurança, até porque quem guarda a devida distância sempre vê outros virem, ultrapassarem e ocuparem exatamente o meio do espaço que devia ser mantido, obrigando o condutor prudente a perder mais uma posição na fila dos trafegantes.



E, como não guardar a devida distância é uma imprudência, os homens, até aqueles que gostariam de agir prudentemente, muitas vezes são responsabilizados pelos acidentes que começam a ser gerados por bruscas freadas femininas e penalizam as condutas arriscadas masculinas. E aí, os machos são mais pegos pela lei.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui