Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
189 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58444 )
Cartas ( 21217)
Contos (12940)
Cordel (10248)
Crônicas (22144)
Discursos (3154)
Ensaios - (9303)
Erótico (13460)
Frases (45636)
Humor (19032)
Infantil (4261)
Infanto Juvenil (3391)
Letras de Música (5457)
Peça de Teatro (1331)
Poesias (137836)
Redação (3023)
Roteiro de Filme ou Novela (1059)
Teses / Monologos (2418)
Textos Jurídicos (1938)
Textos Religiosos/Sermões (5334)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->TJN - 007 - Carta aos nossos governantes -- 11/02/2007 - 20:10 (TERTÚLIA JN) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.




Agora que o “aborto é livre”

Exmos Srs Governantes deste nosso País que é PORTUGAL

Agora que o “aborto ficou livre”, através da despenalização da IVG, em que votei “SIM”, vai sendo altura de “abortar” algumas Leis de benefícios para os políticos.

Só vai para politico quem quer, ou quem não sabe fazer mais nada, por isso, é altura de rever as Leis e deixar de pagar indemnizações aquando das substituições dos cargos ocupados politicamente. Também devem acabar as indemnizações quando findam os cargos políticos, bem como só devem receber reformas de acordo com a Lei que é aplicada a todo o Povo Trabalhador.

Enquanto assim não for, Portugal afundar-se-à cada vez mais na ecónomia, pois está a pagar autênticas fortunas a essa gente. Quem não quiser assim, que arranje emprego em empresas, públicas ou privadas, e não vá para a política, e vão ver o que é bom.

Há desempregados, com mais de 40 anos de descontos, que continuam no desemprego, porque só se poderão reformar ao fim de quase 3 anos nesta situação, e há gente nova que passaram alguns anos pela política, e já estão com fabulosas reformas, independentemente da idade. Esta é uma situação de enorme injustiça e desigualdade social, que em nada abona a classe politica e a vossa ideia de igualdade para todos os Portugueses.

O Povo está cada vez mais pobre e os políticos fazem riqueza fácil. Ponham definitivamente FIM a esta situação.

Respeitosamente

José António



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui