Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
88 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57395 )
Cartas ( 21182)
Contos (12616)
Cordel (10141)
Crônicas (22260)
Discursos (3139)
Ensaios - (9065)
Erótico (13414)
Frases (44153)
Humor (18595)
Infantil (3853)
Infanto Juvenil (2804)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138563)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2409)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4945)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Mais um Assado pela ONU -- 14/06/2013 - 16:47 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Picanha Assad na ONU

O presidente Obama já acendeu a churrasqueira , os ingleses estão abanando o carvão, a troca de interesses faz esse pessoal ficar bonzinho, pois a festa vai começar.
Como ninguém tem mais raça de mandar um monte de soldado americano de filiação estrangeira virar bucha de canhão, agora eles fazem uma “festinha” prepara os “foguinhos” e joga para os sírios terminarem de se matar.
Assad prestes a ser assado, não dorme no mesmo lugar, se dormir; não larga o “osso” , não quer perder o “presente” hereditário que massageia o seu ego e engorda as suas contas bancárias.
Muita gente ainda pensa que o clube ONU se preocupa com os países desvalidos, se fosse assim muitos países em guerra na África já tinham resolvidos os seus problemas.
Na lei do clube ONU, só quem manda é quem senta no conselho de segurança, um clube de países influentes internacionais, eles vislumbram e pesam os lucros e prejuízos e se valer a pena apoiar algum pedaço de terra para ser independente, a ONU está ali para apoiar, se mexer com algum pais do “clube” os pretensos inconfidentes vão gritar e morrer à toa, são rotulados como terroristas ou coisa pior.
A Organização das Nações Unidas é sediada logo nos Estados Unidos, atestando que a neutralidade ali não existe, assim como não existe na política internacional o mau e o bonzinho, é como na política daí da sua esquina, tudo é uma questão de interesse, só muda mesmo a nomenclatura e dimensão, pois quem vence sempre será bom e o coerente, por outro lado, quem perde sempre será o errado, desonesto e ditador, assim é a lei dos poderosos do “Olimpo” brincam de deuses aos seus interesses e agora é hora de churrasco, fogo brando, bem abanado, tempero adequado e vamos assar direitinho o Assad.

Marcelo de Oliveira Souza
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui