Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
107 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57025 )
Cartas ( 21168)
Contos (12587)
Cordel (10075)
Crônicas (22190)
Discursos (3134)
Ensaios - (8996)
Erótico (13394)
Frases (43619)
Humor (18448)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2680)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138222)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4849)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->SAIBA POR QUE TODO ALCOÓLATRA É FUMANTE -- 05/08/2003 - 17:25 (ANTICRISTO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Praticamente cem por cento dos alcoólatras são fumantes. Ainda não encontrei um estudo científico sobre essa relação. Mas tenho uma idéia do mecanismo que forma esse casamento vicioso. Algumas pessoas imaginam algum fator, outras outro, e, no final, ninguém está totalmente certo nem está errado. O importante é saber que quem fuma tem uma chance extremamente maior de se tornar um alcoólatra do que aquele que só toma o álcool.



Os poucos que já se arriscaram a opinar sobre o assunto têm posições diferentes:



Já ouvi alguém dizer que o álcool estimula a vontade de fumar.



Por outro lado, outro disse que é o tabaco que excita a sede por álcool.



Uma terceira pessoa afirmou que a dependência criada pela nicotina torna o viciado mais vulnerável a todas as outras drogas.



Quem está certo?



No caso vertente, podemos até afirmar que todas as três posições estão corretas. Mas nenhuma pode excluir a outra. Concluí que é a conjugação desses fatores com alguns outros que desencadeia o deletério círculo vicioso que culmina na adoração do álcool.



A poderosa cadeia de dependência processa-se da seguinte forma:



1. Como é verdadeira a assertiva de que a dependência nicotínica torna o indivíduo mais vulnerável às outras drogas, isso já é um ponto em favor do alcoolismo.



2. O fumante perde, paulatinamente, o paladar e o olfato, sentindo cada vez mais necessidade de alimentos com sabores picantes, assim como bebidas de gosto forte; nada melhor do que o álcool para satisfazer tal necessidade.



3. Depois, vem um fator poderoso: o álcool é diurético e tende a eliminar rapidamente a nicotina contida no sangue do fumante. É simples depreender que isso leva o viciado a fumar mais para repor a nicotina perdida, intoxicando mais o organismo com um complexo coquetel de venenos que chega a aproximadamente quatro mil componentes químicos.



4. Como o tabagismo pede álcool e o álcool elimina nicotina provocando mais vontade de fumar, a coisa fica semelhante à política econômica dos governos brasileiros, e o problema só se agrava continuamente, levando a um excesso insuportável para organismo.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui