Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
87 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57091 )
Cartas ( 21170)
Contos (12604)
Cordel (10090)
Crônicas (22211)
Discursos (3136)
Ensaios - (9014)
Erótico (13401)
Frases (43733)
Humor (18475)
Infantil (3788)
Infanto Juvenil (2710)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138300)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4885)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->A REFORMA DA PREVIDÊNCIA -- 11/07/2003 - 10:12 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A REFORMA DA PREVIDÊNCIA



O governo Lula pode ter perdido a chance única de fazer as reformas necessárias para tirar o Brasil do começo do século XX e leva-lo ao século XXI. Mas, assim como seus antecessores, ele não agüentou a pressão daqueles que vivem às custas do contribuinte e está fazendo concessões.

Há pelo menos três décadas que se diz que é preciso fazer uma reforma na previdência. Sabemos que a taxa de natalidade está diminuindo cada vez mais e que as pessoas estão vivendo cada vez mais. Esse é o motivo pela qual se mudou a idade para a aposentadoria e precisa fazer uma reforma da previdência.

Não é preciso ser muito inteligente para saber que quanto menos pessoas contribuindo e mais se beneficiando, os gastos ficam maiores. Quando a previdência foi criada, a situação era inversa. Agora, aparece um bando de demagogos dizendo que o governo não pode lhes tirar direitos adquiridos. Mas eu pergunto: é justo isso? Aposentadorias milionárias no serviço público, enquanto os aposentados da iniciativa privada, que trabalham muito mais, ganharem uma miséria?



0099CC”> Leia também:

REFORMAS E PRIVILÉGIOS

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui