Usina de Letras
Usina de Letras
28 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59271 )

Cartas ( 21241)

Contos (13147)

Cordel (10297)

Crônicas (22219)

Discursos (3164)

Ensaios - (9463)

Erótico (13486)

Frases (46709)

Humor (19312)

Infantil (4487)

Infanto Juvenil (3784)

Letras de Música (5484)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138414)

Redação (3059)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5563)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->TABULEIRO VERDE E "PAI HEROÍ" -- 10/03/2011 - 10:44 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
TABULEIRO VERDE E "PAI HEROÍ"





Descendo a ladeira com seu pisar de gato manhoso pulando a porta para não gastar o ferrolho, explorando a filharada, com seu discurso religioso e fé na cesta do: “QUEM TEM PÕE, QUEM NÃO TEM TIRA”. Caminhando ao lado das beatas e fala mansa aos pés chinelo Francis-cano e olho na divisão dos pães, trabalhando a lateral afirmando o nada, balançando a cabeça e concordando com tudo e todos ao mesmo tempo, usando o “SENHOR” para aumentar o patrimônio, conhecido na safadeza do velho Pernambuco via cais de “SANTA RITA” pelas noitadas do santo do pau oco como; “BALANÇA MEU BEM”, que os vícios da foleragem dos cabarés do norte. Trouxe tiques nervosos e quando lembrava dava corda no “Bráulio” parando no tempo do Recife. Após a segunda guerra mundial pousou as margens da Manguaba mãe, palitando os dentes em terras opiladas de um Pilar apilado, abriu o matulão e começou a degeneração das bugres da cidade, implantando nas donzelas o desejo da viadagem das ólindas e fazendo confusões silenciosas intencionais como: Acabando noivados, presenteando chapéu de bode aos alfaiates e taras lá, taras cá nas taras dele o “Zé Bonzinho”. Passando o tempo, hoje covardemente lançam suas podres pedras no xadrez planejado e estudado com técnicas maquiavélicas jogando os contrários ao seu avesso e executando a famosa fofoca de fuxicos tantos que desorganiza qualquer ambiente família. Franciscana mente trabalha os diabos do “PAI HEROÍ” na possessão em ações megalomaníaca da acumulação de bens e atropelando a natureza dos discípulos.



Paz na terra aos Papas de Boa Vontade.

O Cordeiro caeté que pague o pecado do “PAI HEROI”



Vai a Paz...



Padre Bidião
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui