Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
185 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57951 )
Cartas ( 21205)
Contos (12798)
Cordel (10234)
Crônicas (22052)
Discursos (3145)
Ensaios - (9190)
Erótico (13450)
Frases (45040)
Humor (18882)
Infantil (4091)
Infanto Juvenil (3128)
Letras de Música (5498)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138520)
Redação (2984)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2416)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5192)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->O COCÓ PASTORADO DE DIJALÁ... -- 03/02/2011 - 10:46 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O COCÓ PASTORADO DE DIJALÁ...



Lá no papo Alá, balançando a zabumba na pastoração e tranças em movimentos dúbios exalando o cheiro de Jumenta furada e o coroné na polpa murcha da miss meia nove sinimbu enfiada nas infiltrações da “CASA DO POLVO” cavaqueando enfadonhas pilherias de olhares vesgos traçando suas longas tranças de movimentos tantos, girafando ideologicamente nos lados: Esquerdos, direitos em centros de seus espíritos nas noite coitelineas de coité nu em ditas duras e moles de seu “MARECHAL”, acoitando os movimentos ao querer do senhor dela encanando a dor gente aos esgotos políticos da peleja ação da fé caeté, ladeada do cava-lanti, homi da pexti.



Paz na Terra as Feras de Boa Vontade...



O Cordeiro Caeté que Pague o Pecado Político Partidário.





Vai a Paz



Padre Bidião...

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui