Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
47 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59136 )

Cartas ( 21236)

Contos (13105)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9439)

Erótico (13481)

Frases (46521)

Humor (19282)

Infantil (4461)

Infanto Juvenil (3729)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138240)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5525)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->Ocê escutou, Zé das Broméia? -- 15/06/2002 - 03:09 (Georgina Albuquerque) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. Ocê escutou, Zé das Broméia,
onde nós vimo pará?
tiroteio disgramado,
bomba pra tudo que é lado,
como nós vai acordá?
e você ainda disse
que chegando aqui no Rio,
rico nós ia ficar...
o que vai acontecê,
- ai, Meu Deus, quanta bobice!
eu já sei e digo já,
vamo tomá um balaço
nesse mardito lugar,
pra deixarmo de ser burro
e nos outro confiá...
como pôde o seu parente,
esse barraco alugá?...
inda disse que é decente
e um lugar bom pra morá,
viu na subida do morro
quantos home armado lá?
se eles entra aqui agora,
como nós vamu ficá?
eu já tô ficando surdo,
de tanto estouro no ar,
parece que tão qui dentro,
é meió nós se calá,
prepará pra bem cedinho,
assim que os tiro cessá,
vortá pra nossa cidade
e não mais saí de lá!


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui