Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
140 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57014 )
Cartas ( 21168)
Contos (12608)
Cordel (10074)
Crônicas (22188)
Discursos (3134)
Ensaios - (8996)
Erótico (13393)
Frases (43608)
Humor (18448)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2676)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138217)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4847)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->QUEM PAGOU O PATO? -- 01/03/2007 - 23:39 (GERMANO CORREIA DA SILVA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
QUEM PAGOU O PATO?
(Por Germano Correia da Silva)


Michael, um jovem bem-nascido, freqüentador dos mais sofisticados ambientes sociais de sua cidade, não se cansava de atazanar os garçons dos bares do seu bairro e dos bairros adjacentes, sobretudo quando estava acompanhado do seu colega de colégio, o garoto Yoshio. Este era um jovem de corpo meio franzino, possuidor de um linguajar de fazer inveja e possuia hábitos e comportamentos similares aos de Michael.

Ambos gostavam de aprontar atritos nos bares e restaurantes que freqüentavam, geralmente envolviam os garçons e donos dos estabelecimentos, mas quando a polícia chegava para apurar o ocorrido, eles alegavam que era apenas "bravata" e que não era do feitio deles comer e beber sem pagar.

Numa dessas bagunças encenadas numa roda de amigos, num bar cinco estrelas de um bairro mais chique que o dele, Yoshio decidiu agir da mesma maneira que o fazia na sua região e depois de sentar-se à mesa, disse em alto e bom som:

– Hoje nós vamos comer e beber e não vamos pagar a conta, mesmo que seja acionado algum reforço policial. E continuaram a comer e a beber do bom e do melhor, ou seja, de tudo o que era servido naquele horário.

O garçom que os servia nesse bar, era um sujeito alto, de compleição física parecida com a do Mike Tysson no melhor da sua forma, apesar de meio desconfiado com o que tinha acabado de ouvir, decerto, já estava acostumado com “ameaças” semelhantes àquela; procurou não se abater, mas perguntou a um de seus colegas de profissão:

- Será que eles não vão querer pagar a conta, não?

Sem pestanejar, o seu colega respondeu:

- Não liga não, rapaz. Isso é apenas mais uma das "bravatas" deles! No final do expediente eles pagarão tudo direitinho.

O garçom ainda que meio desconfiado, fez questão de exercer o seu papel de bom atendente, mas sem se descuidar dos seus clientes comilões, e já no fim do expediente, murmurou:

- Se eles não quiserem pagar a conta, eu junto eles num canto e cubro eles de porrada... nem será preciso chamar a polícia.

Dito e feito. Era chegada a hora de fechar o bar e os garotos Michael e Yoshio já estavam empanturrados, não tinham mais nenhum espaço no estômago e nem onde acomodar sobra de comida e de bebida sobre a mesa deles.

O garoto Yoshio, como de costume, quis dar uma de esperto e tentou sair de fininho. A mesma intenção tivera o Michael, afinal de contas, eles eram useiros e vezeiros em atitudes daquela natureza, mas não obtiveram sucesso.

Quando o Michael levantou-se da mesa e tentou sair sem ser notado, foi surpreendido pelo garçom que o servia, e este, de pronto, o segurou pelo colarinho e gritou num tom alto e um tanto quanto nervoso:

- Garoto, você não vai sair daqui sem pagar. Não tente me enganar, de novo. Suas "gravatas" já são bem manjadas... Fique sabendo que não sou eu quem vai pagar o pato desta vez...

E o garoto Michael, dotado de uma presença de espírito muito aguçada, tratou de arrumar uma saída honrosa para se esquivar daquela situação embaraçosa e esbravejou:

- Ficou louco, rapaz, solte meu colarinho, não vê que eu não estou de gravata? Quem está de gravata é o Yoshio. É ele quem vai pagar esse pato que você disse que nós comemos. O restante da despesa eu pagarei, sem nenhum problema.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 15Exibido 915 vezesFale com o autor