Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
122 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57060 )
Cartas ( 21170)
Contos (12606)
Cordel (10081)
Crônicas (22199)
Discursos (3134)
Ensaios - (9004)
Erótico (13395)
Frases (43652)
Humor (18457)
Infantil (3773)
Infanto Juvenil (2690)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138248)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4855)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Artigos-->COINCIDÊNCIAS ECLESIÁSTICAS -- 19/06/2003 - 20:23 (ANTICRISTO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Entre as coincidências que nos chamam a atenção, pensei na de hoje: o santuário cristão pegar fogo no dia de Corpus Christi. Mas outras têm ocorrido com mais gravidade. Onde está a proteção divina?



Em 1755, ocorreu o grande terremoto de Lisboa no dia de todos os santos. Segundo relatado no livro “O Grande Conflito”, de E. G. White, foi grande o número de pessoas que morreram nos templos repletos que desabaram. “Em vão se agarraram aos seus crucifixos”, disse White.



São muito comuns os acidentes graves com veículos de romeiros indo a Aparecida do Norte. No ano de 1999, uma batida envolveu, entre outros carros, dois ônibus de romeiros, resultando veículos incendiados e muitas vítimas.



Nesse mesmo ano, o desabamento do teto de uma das matrizes da Igreja Universal do Reino de Deus foi assustador, machucando muitas pessoas.



No caso do desabamento do teto da Igreja Universal, não faltou quem visse aí o furor divino contra a igreja de um aproveitador da boa-fé do povo. Que incoerência!!! Fosse ação divina, o teto teria desabado sobre a cabeça do fundador da igreja, não sobre os humildes fiéis, que acreditavam estar ao lado da verdade.



Há os que creditam os acidentes com os romeiros à reprovação divina contra a idolatria. Acho que, se houvesse um deus castigando, ele iria é enviar um raio que partisse a basílica de Aparecida, não acidente vitimando os pobres que acreditam estar certos, a menos que ele seja mesmo um deus de justiça tão estranha como o de Israel, que vingava a iniqüidade dos pais punindo os filhos.



O terremoto de Lisboa também foi, no entender de Ellen White, punição divina contra o poder representante da besta do Apocalipse. Novamente imagino que, se fosse justiça, teria recaído nas cabeças das autoridades máximas da igreja.



Essas duras coincidências não parecem em conformidade com aquela promessa: "Mil poderão cair ao teu lado, e dez mil à tua direita; mas tu não serás atingido. Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios. Porquanto fizeste do Senhor o teu refúgio, e do Altíssimo a tua habitação, nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos...” (Salmos, 91).
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui