Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
102 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57535 )
Cartas ( 21185)
Contos (12631)
Cordel (10185)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9093)
Erótico (13416)
Frases (44315)
Humor (18629)
Infantil (3912)
Infanto Juvenil (2858)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138263)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4990)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->BALAIO ANALOGICO MANGUABENSE -- 06/06/2010 - 19:08 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
BALAIO ANALOGICO MANGUABENSE

“No “balança meu bem, aos trombones acalorados das festanças escritas pelo poeta cheira” caço Lares” nu mural a céu aberto aos desejos degenerados de seu singelo “SER TARADO” canta de peito aberto na inaugurada da academia de letras de uma babada arrepiante ao cheiro do “MESTRE BIDÉ BUMBUM” que exaltada acelera os aplausos a sua peça na adulação desejada. Nas madrugadas tenebrosas do lugarejo “APILADO”, vozes perturba sua cabeça aos travesseiros de “PILAR” cor de rosas, seu sono leva a fera a passeios em cima das águas nuas ao caís de volúpias por volúpias de um balanço natural aos movimentos do remo que roça com a polpa e na proa encontra seu dirigente de mão na madeira do remo avançado a canoa do amor, alimentando os desejos do companheiro no coito caminhando ao coité e desaguando de peito aberto ao solo na toca de Dom Raposão mastigando o capim na beira da lagoa. “Manguaba Mãe brinda aos machucados de cangote na cara do” TENEBROSO MACHO”.
Paz na Terra Caeté a “VIADA” de Boa Vontade
A “Cordeira” de Deus que Tire o Pecado do Mundo com sua Ródia.
Vai a Paz

Padre Bidião
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui