Usina de Letras
Usina de Letras
37 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61983 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10446)

Cronicas (22532)

Discursos (3236)

Ensaios - (10271)

Erótico (13561)

Frases (50400)

Humor (20004)

Infantil (5392)

Infanto Juvenil (4728)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140727)

Redação (3291)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1957)

Textos Religiosos/Sermões (6144)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->Febre -- 09/09/2000 - 19:52 (Andréa Abdala) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos


Profunda como poço
febre é uma doença
de queimar como fogo
abastece toda crença
com um abraço fogoso
tira-nos a consciência

Um corpo enfraquecido
possui maior facilidade
é atacado pelo vício
com furor e veracidade
nem sempre o banho frio
sai vencido do combate

De acordo com a ciência
ela nos leva à convulsão
cria vínculo, dependência
provocando um calorão
que só com paciência
impede-se sua agressão

Síndrome de abstinência
de anticorpos reduzidos
derrete qualquer beleza
independente do viso
com saber e inteligência
sacrifica até o riso

Muitos fatores causais
provocam seu surgimento
os abcessos abdominais
o namoro e o casamento
resfriados descomunais
ou qualquer medicamento

Febre inquieta e gostosa
fica por conta da poesia
esta sim, é maravilhosa
sufoca, abate e arrepia
chama de luz caprichosa
que nem o verso alivia.


©Andréa Abdala
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui