Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
183 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58139 )
Cartas ( 21211)
Contos (12855)
Cordel (10239)
Crônicas (22080)
Discursos (3147)
Ensaios - (9225)
Erótico (13453)
Frases (45289)
Humor (18935)
Infantil (4156)
Infanto Juvenil (3232)
Letras de Música (5505)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138700)
Redação (2995)
Roteiro de Filme ou Novela (1058)
Teses / Monologos (2417)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5249)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Teses_Monologos-->A Vida e a Morte -- 05/07/2004 - 01:42 (Maria Augusta Camargo Schimidt) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Hoje estive pensando na vida
O quanto já vivi
E quanto falta pra viver,
Sei que não sou dona do tempo
E está aí um enigma
Que não dá pra resolver.

Durante minha reflexão
Lembrei que antes de crescer,
Eu ficava imaginando
O que seria amadurecer.

Cresci
Vivi
Amadureci

Hoje vivo numa mistura de expectativa e saudade. Curiosa para saber como será envelhecer.
Já passei da metade do tempo...e o amanhã eu sei que virá.
Mas de uma coisa tenho certeza, junto com o amanhã, daqui a muitos ou poucos anos talvez, a morte virá me chamar. E eu irei, pois sei que morrerei para o mundo, mas viverei a vida eterna.

Morrerei feliz e serena
Pois meus sonhos não foram em vão
Eles me alimentaram a vida toda
E me prepararam
Pra mais esta ocasião.

Vivi intensamente,
Amei,
Pari,
Escrevi,
Ensinei,
Aprendi.

Fiz amigos,
Construí castelos,
Plantei e colhi.
Vivi enfim a vida que pedi.

E agora,
Feliz, vou seguindo meu caminho,
Até minha hora chegar,
Pois sei que da morte
Não vou conseguir escapar.

Augusta Schimidt
05/07/2004
01.22h
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui