Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
94 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57762 )
Cartas ( 21192)
Contos (12699)
Cordel (10207)
Crônicas (22326)
Discursos (3143)
Ensaios - (9126)
Erótico (13426)
Frases (44560)
Humor (18707)
Infantil (3973)
Infanto Juvenil (2911)
Letras de Música (5481)
Peça de Teatro (1321)
Poesias (138413)
Redação (2955)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1930)
Textos Religiosos/Sermões (5040)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Frases-->CANÇÃO NA CHUVA FENOMEMAL -- 27/01/2004 - 12:19 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O POETA FAZ CANÇÃO NA CHUVA FENOMEMAL.
José de Sousa Dantas

Como é bonito se ver
em toda localidade,
riqueza e prosperidade,
quando começa a chover,
pra todo mundo colher
a safra primordial,
alcançando o ideal,
com a grande produção.
O poeta faz canção
na chuva fenomenal.

E agora que está chovendo,
todo dia tem mudança,
cheio de tanta bonança,
em todo canto escorrendo
a água e açude enchendo,
está verde o vegetal,
com um novo visual,
que conforta o coração.
O poeta faz canção
na chuva fenomenal.

A gente sai do sertão,
o sertão não sai da gente,
nosso melhor ambiente,
que mantém a tradição,
nunca esqueci o torrão,
ele é referencial,
ambiente natural,
tem graça em toda estação.
O poeta faz canção
na chuva fenomenal.





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 68Exibido 535 vezesFale com o autor