Usina de Letras
Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
115 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58838 )
Cartas ( 21227)
Contos (13032)
Cordel (10266)
Crônicas (22174)
Discursos (3163)
Ensaios - (9365)
Erótico (13473)
Frases (46079)
Humor (19153)
Infantil (4363)
Infanto Juvenil (3562)
Letras de Música (5469)
Peça de Teatro (1332)
Poesias (137981)
Redação (3039)
Roteiro de Filme ou Novela (1060)
Teses / Monologos (2425)
Textos Jurídicos (1940)
Textos Religiosos/Sermões (5434)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->No olvido caído...? -- 22/02/2021 - 18:59 (Brazílio) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

 

 



E o velhinho já andava numa surdez progressiva de dar dó...Na verdade nunca chegara a ter ouvido musical, mas a desgraceira dos últimos anos andava acelerada demais.

E não é que ele acabou indo ao médico e conseguido um minúsculo aparelho que operou milagre. Desses que você só vê nas sessões de cura dos milionários só ares da vida. Instantâneo mesmo. E o velhinho desembolsou mais do que o dízimo de uns três anos. A assim deu graças à ciência, e como cria, ao Altíssimo da Onipotência.

Um mês depois, voltou à clínica para a checagem e alguma eventual retificação. Curioso, o médico perguntou-lhe como os familiares haviam recebido a sua miraculosa transformação em ouvinte a toda prova.

O velhinho, quase como que cochichando respondeu, com uma certo ar de felicidade:

 - Eu não contei a ninguém de casa, doutor. Fiz de conta que nada havia se passado, só ouvindo tudo o que conversavam entre si. E nesse meio tempo já refiz o meu testamento por três vezes...da mais recente, deserdei todos...

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 20 vezesFale com o autor