Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
72 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57107 )
Cartas ( 21170)
Contos (12598)
Cordel (10092)
Crônicas (22211)
Discursos (3137)
Ensaios - (9015)
Erótico (13403)
Frases (43758)
Humor (18486)
Infantil (3792)
Infanto Juvenil (2717)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138313)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4891)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Distúrbios Sociais -- 30/08/2001 - 10:13 (Mário Tischer) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Não consigo ser bastante otimista

Ou, simplesmente, tolerante

Seria um algoz farsante

Em meio ao capital autoritarista



Mas, dissimulo a minha dor

Até consigo sorrir entre-dentes

Mesmo em ver entre tantos parentes

A prosperidade vil da fome



Infortúnios maiores à vista

É necessário revidar com justiça

Reparar o processo atomista

Agregar o trabalho ao capitalista



Bolsa de valores subindo

Emprego formal caindo

P.I.B. para E.U.A. fugindo

F.M.I. com dedo em riste sorrindo



A paz busca verdade e bom-senso

O eqüilíbrio da globalização

E integridade verdadeira da nação

O fim da corrupção e ampla politização



Indiscriminação e qualidade de vida

Minimizam os distúrbios sociais

Promovem esperança e a fé vital

E a felicidade ainda poderá ser sentida.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui