Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
51 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59127 )

Cartas ( 21236)

Contos (13112)

Cordel (10292)

Crônicas (22195)

Discursos (3164)

Ensaios - (9439)

Erótico (13481)

Frases (46510)

Humor (19279)

Infantil (4457)

Infanto Juvenil (3725)

Letras de Música (5478)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138227)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5523)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->*MAIS UMA ETAPA VENCIDA* -- 01/01/2009 - 19:41 (Sonia Nogueira - *sogueira*) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

*Mais Uma Etapa Vencida*

Mais um ano que atravessamos, nem sempre glorioso para todos. Temos a mesma essência, e mesma formação celular, a mesma origem, o mesmo final. Mas, nossas reações e comportamento variam de acordo com o grau de maturidade e controle emocional de cada.

Chegamos em 2009 cheios de esperança, como se a cada virada do ano viesse com um novo início ou uma revolução milagrosa que pudesse transformar a vida num passo de mágica. No entanto nós é que devemos mudar, caso os acontecimentos não tomaram o rumo que almejamos.

O homem fatiou o tempo em dias, horas, segundos, meses, para melhor situarmos nossa lida numa organização de espaço e estabelecer normas reguladoras das atividades. Porém tudo gira em perfeito equilíbrio independente da nossa vontade e das nossas angústias.

Hoje primeiro de Janeiro de 2009 o sol aqui da minha cidade em Fortaleza, apareceu radiante, cheio de vida como a anunciar uma nova etapa, isto é, mais um ano de buscas e projetos para nossos sonhos, se por ventura, no ano passado tudo tenha acontecido fora dos eixos da esfera por onde nosso projeto fracassou.

Para outros o mesmo sol, que apareceu rindo e promissor, revela-se com um desalentador de desencanto sem saber qual rumo tomar, numa rotina interminável. Nada mudou é apenas mais um dia, o cotidiano.

Realmente é mais um dia, que fará grande diferença se sentarmos para fazer um balanço, cobrar juros e correção monetária da nossa vida. Onde falhamos, porque não conseguimos como devemos revolucionar nossa capacidade criadora para sanar situações antes insatisfatórias.

O “Poetas Del Mundo” foi para mim um grande desbravador de mentes criativas, cada qual a seu estilo, em prosa e versos. A literatura precisa de escritores que fomentem em seus textos a paz, o amor, a sustentação do nosso planeta, a limpeza da organização governamental, a vida digna dentro do processo evolutivo, onde modernidade, sabedoria e dignidade não percam o rumo e andem pelo mesmo trilho, de mãos dadas.

Um ano novo para você Luis Arias Manzo, fundador do grupo Poetas Del Mundo, Delasnieve Embaixadora da paz e a todos os colegas do Usina de Letras e leitores que fazem deste mundo dos saberes um grito, ecoando na mesma canção da paz.

Desejo neste ano, muito, sucesso saúde, amor e inspiração para que nossa luta nunca canse e a bandeira branca esteja sempre hasteada.

Sonia Nogueira *sogueira*


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui