Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
294 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59138 )

Cartas ( 21236)

Contos (13105)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9439)

Erótico (13481)

Frases (46521)

Humor (19282)

Infantil (4461)

Infanto Juvenil (3729)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138241)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5526)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->POEMA REVORTADO -- 30/03/2006 - 13:24 (Benedito Generoso da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. CARTA DUM BRASILERO PRO MUNDO INTERO
OU NOTRAS PALAVRAS:
PRU MUNDO CÃO U QUI CONTECE CUM NÓIS NU BRASIR
ESSE É MEU POEMA REVORTADO

Eu tô um poco loco
Pru causo do desafio
Desse pacífico rio
Nordestino Franciscano
Pra mode qui tão falano
Qui vai mudá di rumo
Bebi munto dessa água
I num mais mi aprumo
Meu coração chei di mágoa
Desagô rio abaxo
Pranto do zói curpa do Diacho
Mais cê num tá munto legal não
Tá mei piradão
Desajeitado cu’esse jeitão
Di caboco
Arrancano toco
Mei arretado
Tirano cu corpo incurvado
Inté pica pau do oco
Cê num tá bão não
Sua boca tá cum fome
Fais deiz dias qui num come
Tá cherano ovo choco
Cê bebeu num sabe mais
Qui faiz intão
Nois semo di pais
Drento dum caminhão
Tu tá na contra mão
Eu tomém num sei onde ponho a mão
A gente é irmão
Entonse temo que se associá
Pruquê se a coisa imbruiá
Nois vai tê qui si ixpricá
Na CPI du congresso
E garanto qui di lá num regresso
Sem renunciá o mandato
Num robei entrei de gaiato
Si eis são cão
I qué nosso cuião
Nóis é gato
Qui num dá pulo errado
Eu truxe tudo embruiado
Tá tudo lá nu balaio
Nu baú du cargaio
Nem me alembro mais que raio
É esse imbruio mardito
Só sei qui num acridito
Mais nu Lula
Ele por tudo lado pula
Qui nem tico tico
Nu fubá
Lulali Lulalá
Eu sô filaputado
Só qui num tô du lado
Desse fio du futrico
Qui diz que pela Patra luta
Inquanto nóis labuta
Seno inté fio das purgas
Nesse referendo
Dos cronóis e reverendo
Nós qui é povo já tá vendo
Im tudo qui vai dá
Vamo gritá Saravá
Urra lá Lula lá
Us bandido vai se armá
I nói vamo si ferrá
Nói num vai mai tê luta
Pruque LULA é fio da Mula.

ASSINADO BICHO FRANCHESCO

PS:
Dá pão pra mim qui tô cum fome

*******

BENEDITO GENEROSO DA COSTA
benegcosta@yahoo.com.br
DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 101Exibido 1699 vezesFale com o autor