Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
185 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57955 )
Cartas ( 21205)
Contos (12804)
Cordel (10234)
Crônicas (22052)
Discursos (3145)
Ensaios - (9192)
Erótico (13451)
Frases (45045)
Humor (18883)
Infantil (4092)
Infanto Juvenil (3131)
Letras de Música (5498)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138521)
Redação (2984)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2416)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5194)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->A gosma -- 26/07/2020 - 06:04 (Brazílio) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

A gosma

Mamãe contabiliza uma viagem internacional. Foi à Polônia no iniciozinho de 1983, quando eu lá me encontrava lotado na Embaixada em Varsóvia. Pleno inverno. E com o país sob regime de exceção sob a severa ameaça de invasão da União Soviética, caso os milicos fraquejassem no enfrentamento aos sindicalistas agrupados sob a liderança do bigodudo Lech Walesa (em polonês pronunciado Lér Vauensa).

Na capital polonesa, o frio, que frequentemente chegava a vinte graus negativos de Celsius,  incomodava mais do que uma ou outra blitz policial. E assim, só em espaços abertos, e quando alguma ventania do Báltico resolvia dar o seu ar da (des)graça.

Mamãe maravilhou-se com a neve, de graça e imaculada, de dois palmos a cobrir nosso quintal, mas mais graça achou foi numa apresentação de balé russo, o Bolshoi Kirov, onde um bailarino lourésimo conseguiu esmaecer o fulgor das belas ninfetas que o rodeavam. Nureyev, Barishnikov, pra quê?

A batalha mais dura, mamãe teve que trará-la oral e estoicamente à mesa de Sua Excelência, o Embaixador Cadaxa que no almoço que lhe ofereceu
serviu-nos, de entrada, la supreme délice de sa cuisine: escargots avec du beurre persillé. E eram seis em cada bandejinha.

A repugnância que cultivava pela gosma dos caramujos e lesmas de quintal se lhe materializou ali em plena mesa, enquanto o erudito anfitrião gourmand, após uns bons goles d'un grand cru de Bordeaux, exaltava les vertues de sa cuisine...Mamãe briquitou penosamente com o primeiro, e se rendeu - e graciosamente, os restantes da bandejinha, mos cedeu. A fome que tinha foi que escafedeu.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 20 vezesFale com o autor