Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
25 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57782 )
Cartas ( 21194)
Contos (12705)
Cordel (10211)
Crônicas (22324)
Discursos (3143)
Ensaios - (9129)
Erótico (13429)
Frases (44605)
Humor (18715)
Infantil (3977)
Infanto Juvenil (2918)
Letras de Música (5483)
Peça de Teatro (1321)
Poesias (138431)
Redação (2958)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1931)
Textos Religiosos/Sermões (5050)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->19.05.2020 - Diário da Pandemia -- 19/05/2020 - 07:50 (TARCISO COELHO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Diário da Pandemia

 

 

A Cura do Coronavirus pelo Amor.

 

Texto escrito pelo ex Colega Amélio, Auditor do Banco da Amazônia, Belém (PA), ao ser curado do Covid-19. Que Deus o proteja sempre e mantenha forte a sua inquebrantável fé, reconhecendo ter sido o amor o principal remédio a salvá-lo. Deus é o Amor.

 

 

 

Coisas da Terra X Coisas do Céu.

 

 

Coisas da terra: Quando divulguei que havia adoecido recebi várias mensagens dizendo: "você vai sair dessa", "força”, “estamos juntos”, "tenha fé", “estamos rezando junto ao Pai do Céu por você", etc.

 

Coisas do Céu: o Pai do Céu, então disse: não te preocupes meu filho; Vou cuidar de você"!

 

Então, mandou uma legião de anjos cuidarem de mim.

Adriana, médica, fisioterapeutas, enfermeiras, técnicos de enfermagem, copeira, limpeza, cada um dentro do seu papel exercer da melhor maneira possível. E disse mais, vou deixar do teu lado um anjo especial - tua filha.

 

Eu nunca experimentei tanto amor e dedicação na minha vida.

Eu estava com mais de 75% de um pulmão comprometido.

Já levei mais de 70 espetadas na barriga. Era amor depositado no meu organismo.

Foram 6 trocas de acesso para receber soro e outros medicamentos. Era amor depositado no meu organismo.

Não lembro quantas espetadas para colher sangue.

Não posso negar que como humano uma ou duas vezes tive medo. Principalmente quando meu irmão não resistiu.

 

Aprendi e vivenciei que todos deram o melhor de si. Que tudo era feito com muito amor.

Aí eu me pergunto: tua fé te curou ou o amor me salvou?

No fundo eu creio que o AMOR me salvou.

 

Logo mais estarei indo pra casa, mas o amor e as orações feitas por todos vocês, certamente foram atendidos pelo nosso Pai do Céu.

 

Obrigado de coração.

 

 

 

Últimas Notícias: https://www.uol.com.br/

 

 

 

Diário da Pandemia

 

 

 

O Diário da Pandemia

Que inventei de escrever

Jamais teve a intenção

Que não só o meu querer

De o dia a dia registrar

Pra no futuro lembrar

O que estamos a viver

 

 

Mas é preciso dizer

Aqui não vou divulgar

Notícias de tristeza

Já que quero me alegrar

E se esse meu escrever

Nem pouco alegrar você

Mal também não lhe fará.

 

 

Caros Amigos,

 

 

A partir de 22.03.2020, passei a publicar versos meus em outras situações, retornando ao assunto em pauta apenas eventualmente.

 

Fique á vontade para lê-los ou relê-los no seguinte endereço:

 

www.usinadeletras.com.br

Autores

Letra T

TARCISO COELHO

Contos

 

Obs.: Fico grato pelas visitas, inclusive a outros trabalhos lá publicados, bem como aos comentários que tiverem a bondade de escrever.

 

 

 

Abraços a todos.

 

 

Tarciso Coelho, Crato (CE), 19.05.2020.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui