Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
9 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57363 )
Cartas ( 21181)
Contos (12602)
Cordel (10135)
Crônicas (22251)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44118)
Humor (18580)
Infantil (3845)
Infanto Juvenil (2799)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138535)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4942)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cartas-->COM VOCÊ, NÃO ME SINTO SÓ -- 09/09/2004 - 22:03 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
COM VOCÊ, NÃO ME SINTO SÓ

Estou só, mas não me sinto sozinho. Meus pensamentos em você me fazem sentir como seu você estivesse aqui comigo, sentado nesse banco de praia, nessa madrugada fria, tendo como companhia tão somente o som das ondas quebrando na praia e o chicotear da brisa em meu rosto.
Estou só, mas o conhecimento de sua existência preenche todo o vazio em meu peito. Só de saber que amanhã, depois e depois eu vou poder olhar para ti e contemplar a tua beleza, eu me sinto imensamente feliz.
Estou só, mas a tua ausência não é motivos para me sentir sozinho. Pois eu sei que você existe que um dia poderá ser minha. Quantos na companhia de outra pessoa se sente tão afastada, como se estivesse numa ilha? Por que eu iria me sentir só, se tudo a minha volta me lembra você?
Não! Definitivamente eu não me sinto só.
Você não está comigo agora, e não vejo ninguém se aproximar. A cidade parece dormir profundamente. E isso me faz pensar em você que a essas horas também dorme profundamente. Mas o meu coração, longe de sentir-se oprimido, transborda de alegria.
Ah, meu amor! Penso em ir para a casa dormir, mas não consigo. Tenho medo de acordar amanhã e me esquecer de teu olhar, de teu sorriso e descobrir que você não passa de um sonho.
Não! Não quero dormir! Não hoje que não consigo conter dentro de mim essa felicidade em meu peito.
Não! Não quero dormir! Deixa para eu dormir quando, por ventura, a dor ferir meu peito. Agora eu só quero permanecer acordado e saborear essa felicidade. Felicidade essa causada pelo simples fato de ter me notado e, ao passar por mim, ter me dito um simples “ola!”.
Eu sei que isso parece pouco, mas para quem não tinha nada, o pouco se torna tudo....

LEIA TAMBÉM:
QUANDO SE AMA UMA MERETRIZ
EU SOU LOUCO POR TI, AMOR!
QUANDO MEUS LÁBIOS TOCARAM OS TEUS
ARREPENDIMENTO
TODA VEZ QUE VOCÊ VAI EMBORA
A DOR DA PERDA
A FELICIDADE
MEU AMOR POR TI É...
COISAS DO AMOR
TÃO BELA QUANTO UMA FLOR
É POR ELA
UMA PAIXÃO
EU PRECISO TE DIZER...

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui