Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
237 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58168 )
Cartas ( 21211)
Contos (12863)
Cordel (10239)
Crônicas (22098)
Discursos (3147)
Ensaios - (9230)
Erótico (13453)
Frases (45315)
Humor (18942)
Infantil (4167)
Infanto Juvenil (3240)
Letras de Música (5506)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138728)
Redação (2997)
Roteiro de Filme ou Novela (1058)
Teses / Monologos (2418)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5256)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->A LOIRA GOSTOSA -- 29/06/2005 - 20:41 (Edmar Guedes Corrêa****) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
A LOIRA GOSTOSA

Um dia mudou-se para o bairro uma loira que era uma gostosura só. Os rapazes ficavam doidos pela garota. Ela até retribuía as cantadas deles e permitia que lhe fizessem carícias, mas nunca deixava que chegassem ao finalmente. Diziam que ela só permitia que lhe tocassem, se fizessem a seguinte brincadeira:
O rapaz punha as mãos nos cabelos dela e perguntava
-- O que é isso que eu to pegando, amorzinho?
-- Nos meus cabelinhos! - respondia ela.
Ele descia as mãos até os lábios dela e perguntava:
-- O que é que estou pegando?
-- Na minha boquinha!
Depois ele escorregava as mãos um pouco mais e perguntava:
-- O que eu estou pegando agora?
-- Nos meus peitinhos, amor!
Ai ele descia as mãos um pouco mais e perguntava novamente:
-- E agora, o que é que eu to pegando?
-- Na minha barriguinha...
Então ele punha as mãos no meio das pernas dela, e ela interrompia a brincadeira e saia correndo.
Certo dia, Roberto, o mais mulherengo do pedaço, resolveu tirar uma com a loira. Apostou com os amigos que ia dar um cato naquela gostosura. Aí ele arrastou a loira para um lugar escuro, e começou com a brincadeira. Mas antes que ela saísse correndo, como fazia sempre, ele a segurou, abaixou-lhe a roupa e a penetrou. E para sacanear com a garota, perguntou:
-- E agora, o que eu estou pegando, heim safada?
-- AIDS, seu idiota!


LEIA TAMBÉM:
O BÊBADO E O GARÇOM
PASSEIO NO CAMPO
NO SALÃO DE BELEZA
O PAI E O FILHO
MAIS UMA DE PORTUGUÊS
A MULHER SUSPEITA
O BICHINHA AZARADO
O QUE DONA MARISA DISSE PRO LULA


Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui