Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
234 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58162 )
Cartas ( 21211)
Contos (12859)
Cordel (10239)
Crônicas (22095)
Discursos (3147)
Ensaios - (9230)
Erótico (13453)
Frases (45309)
Humor (18940)
Infantil (4163)
Infanto Juvenil (3236)
Letras de Música (5506)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138722)
Redação (2997)
Roteiro de Filme ou Novela (1058)
Teses / Monologos (2418)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5254)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->CONSELHO DE RAPOSA, MORTE DA GALINHA -- 15/09/2007 - 23:52 (Orlando Batista dos Santos) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Estava infeliz raposa a lastimar sua sorte e já sem esperança de sobreviver, atolada no fundo de um poço. Avistando um bode que se aproximava, limpou as lágrimas e fingiu estar usufruindo do melhor que a vida lhe podia oferecer. Atraído pelo inusitado, o bode quis saber da raposa o propósito daquela aventura.
- Isto aqui é a felicidade, amigo bode. Veja que água limpa; desça, venha provar seu frescor!
De um salto, desce o bode, passando a fazer companhia à raposa. Quando pensou em voltar, viu que ambos estavam aprisionados.
- Subo em tuas costas e saio - disse-lhe a raposa - e lá de cima providencio sua saída.
Isto posto, uma vez em liberdade, a raposa esqueceu-se do prometido, deixando o bode no fundo do poço.
Tal qual a raposa e o bode, assim muitas vezes somos. Sem atentarmos para as ciladas, podemos ser envolvidos por quem não tem compromisso com o que é bom e justo. Se raposa ou bode, quem sabe estamos precisando rever Esopo (Grécia Antiga), ou os instrutivos provérbios da sabedoria popular, tal o que segue:
Conselho de raposa, morte da galinha.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui