Usina de Letras
Usina de Letras
55 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62397 )

Cartas ( 21335)

Contos (13272)

Cordel (10452)

Cronicas (22546)

Discursos (3240)

Ensaios - (10444)

Erótico (13578)

Frases (50785)

Humor (20070)

Infantil (5485)

Infanto Juvenil (4808)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140867)

Redação (3319)

Roteiro de Filme ou Novela (1064)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1962)

Textos Religiosos/Sermões (6232)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Lira dos setent'anos -- 21/06/2023 - 09:00 (Félix Maier) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

 

 

LIRA DOS SETENT’ANOS

 

Félix Maier

 

Poetar é preciso! Mesmo na idade avançada,

Quando a memória falha e a ignorância se robustece,

As musas todas fugiram, mas a chama ainda queima,

E na solidão de um buraco negro a alma padece.

 

Com rimas e versos, a mente é despertada,

E a poesia se torna ainda uma saída

De um mundo onde tudo parece sem vida,

Onde as palavras um dia foram faca afiada.

 

Mesmo sem sorte, sem porte, sem norte,

O poeta temporão segue em frente, delirante.

Com o teclado à mão, a mente fingindo ser forte,

Às vezes perdido, mas sempre perseverante.

 

Na idade avançada, a memória está fugindo do cérebro,

E se homiziando no notebook e no pen drive.

Mas a tecnologia pode ser um extemporâneo aliado

Para armazenar cada verso, cada artigo, cada tratado.

 

Mesmo que as musas tenham desaparecido,

Que a lira dos vinte anos tenha perdido o garrido,

Ainda há beleza na lira dos setent’anos,

E na poesia um lugar para ser acolhido.

 

Mas, ainda assim os versos anseiam,

Pelo chamado de uma alma inquieta.

E mesmo sem musas, as mãos passeiam

Pelo teclado, com a mente em voo livre.

 

Lira dos setent’anos, onde a memória cansa,

E a história da uma longa vida descansa.

Poetar é preciso! É algo que não se mede.

Pois, para escrever, nenhuma idade impede.

 

 

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui