Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
98 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57091 )
Cartas ( 21170)
Contos (12605)
Cordel (10090)
Crônicas (22211)
Discursos (3136)
Ensaios - (9014)
Erótico (13401)
Frases (43733)
Humor (18475)
Infantil (3788)
Infanto Juvenil (2710)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138301)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4885)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->POESIA SENSITIVA -- 04/06/2001 - 16:11 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos






POESIA SENSITIVA





Jan Muá

4 de junho de 2001





Construirás uma sinestesia

Misturando sensações



Com ela erguerás um castelo

Onde serás rainha

De violino dourado na mão



Tocarás sons e melodias

De arrancar lágrimas

De comoção



As lágrimas se aninharão como rainhas

No pergaminho sagrado da Poesia

Acarinhadas por tua mão



Reconhecerás que o som das lágrimas

Encachoeiradas em teus olhos

É o som do coração!





Jan Muá

4 de junho de 2001

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 74Exibido 703 vezesFale com o autor