Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
227 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58163 )
Cartas ( 21211)
Contos (12859)
Cordel (10239)
Crônicas (22095)
Discursos (3147)
Ensaios - (9230)
Erótico (13453)
Frases (45309)
Humor (18940)
Infantil (4163)
Infanto Juvenil (3236)
Letras de Música (5506)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138724)
Redação (2997)
Roteiro de Filme ou Novela (1058)
Teses / Monologos (2418)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5254)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->TODOS RAROS -alguns domesticados -- 10/09/2020 - 01:17 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

TODOS RAROS

alguns domesticados

 

Sabendo ser bicho raro

às vezes creio

não ter nem faro.

O que faz um bicho cego

se sofre tão sossegado?

O tempo vai amestrando

a gente vai se ajeitando.

 

Mas sou daqueles duros

que não tem medo de escuro

receiam mais, é o claro

porque lhes tira o pecado

Existem mais bichos raros

do que outros, domesticados.

Somos bem desajeitados.

 

E porque tão diferentes

e numerosos, presentes

andamos querendo o mundo

de volta, que foi tirado

Acreditamos que seja

como se fosse um planeta

sem precisar fazer treta.

 

E como somos sortudos

nunca mais seremos mudos

diremos uns para os outros

que temos mundos guardados.

Todos assim diferentes

retalhos contagiosos

até “pros” domesticados

 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 2Exibido 18 vezesFale com o autor