Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
255 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57965 )
Cartas ( 21205)
Contos (12826)
Cordel (10235)
Crônicas (22053)
Discursos (3146)
Ensaios - (9196)
Erótico (13452)
Frases (45052)
Humor (18892)
Infantil (4100)
Infanto Juvenil (3143)
Letras de Música (5499)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138530)
Redação (2987)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2416)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5200)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->AMANDO SEM AMARRAS -- 23/05/2020 - 08:58 (GERMANO CORREIA DA SILVA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

          AMANDO SEM AMARRAS

 
Um amor aprisionado torna-se mui irascível
Ele tem de estar liberto, plácido e profundo
Não devemos mantê-lo como algo perecível
Nem cultivá-lo como um simples moribundo
 
Se nós tivermos de morrer por esse amor
Que sejam passagens meramente divertidas
Mas se ele quiser somente nos causar dor
Manter-nos-emos presos só às nossas vidas
 
É mui salutar que nos amemos sem amarras
E nos despojemos de quaisquer inclinações
Que nos transformem em amantes aflitivos
 
Não poderemos estar reféns de suas garras
Passando a viver por todo o tempo de ilações
Tornando-nos por todo e sempre seus cativos

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 16Exibido 54 vezesFale com o autor