Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
110 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57493 )
Cartas ( 21184)
Contos (12620)
Cordel (10174)
Crônicas (22282)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13415)
Frases (44271)
Humor (18617)
Infantil (3899)
Infanto Juvenil (2844)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138240)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4979)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Berimbau -- 15/02/2020 - 13:27 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Berimbau 

Vou no meu berimbau, 
Vou na batida do bate dor do tambor. 
No Pinto do amanhece dor,
Canto no meu bloco,
Pra ver se cai a máscara de minha ilusão.
Dou a mão no cordão humano,
De gente no chão,
Sem pão.
Sorriso na cara,
É a única seriedade de quem nada tem a celebrar.


Marcos Palmeira

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui