Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
79 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57535 )
Cartas ( 21185)
Contos (12631)
Cordel (10185)
Crônicas (22291)
Discursos (3141)
Ensaios - (9093)
Erótico (13416)
Frases (44315)
Humor (18629)
Infantil (3912)
Infanto Juvenil (2858)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138263)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4990)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Céu -- 26/01/2020 - 11:37 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

O céu

Azul paz
Nuvens brancas,
Clareiam o raiar
No raio dia
No céu, o chapéu deu vez
Ao homem, olhar ao céu
E viver a paz
Aí quem dera ser céu!
Seria o chapéu da humanidade
Não haveria idade certa
Pra subir aos céus
E agradecer a paz
Que dele emana
Os semelhantes não conhecem ao céu
Vivem nas clausuras
Nem imaginam as alturas
Do sonho de Ícaro
Na ousadia do vôo
Chegar ao céu


Marcos Palmeira 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui